deuses loucos

“Três foi a conta que Deus fez…!” Não sei bem se fez, que eu cá acredito nos homens (ainda) e nas forças da Natureza! E essa, sim, a Natureza, soube somar-nos mais um e, com a vinda deste “um”, mimou-nos com o lado mais doce da vida. Veio tranquila, feliz, despreocupada. “O terceiro não tem hipótese, ou aceita o que cá está e apanha o barco, sorridente, ou…” (diz a mãe, tantas vezes, a tentar explicar o bebé bom que nós temos). Um-mais-Um-mais-Um igual a casa cheia com mais gargalhadas e sorrisos. Não nego, é uma loucura, é um corre-corre, é uma multidão de gente e já é uma confusão de falas entrecruzadas (a Lulu palra como gente grande ;-)…) mas é uma loucura boa. E rimos mais vezes. Aceitamos melhor.
Descomplicar, aquela palavra que escrevo todos os dias. Mentalmente.
E depois é também chegar ao fim do período escolar e respirar de alívio… afinal não houve abanões grandes nos resultados, as noites mal dormidas de uns e os dias infindáveis de outros não deixaram mossa grande! Aqueles primeiros meses de bebé pequenino passaram a correr, para todos! Estão tão crescidos. E agora?
Chegaram as férias deles. Lá chegarão as nossas… para já, reunimos os papelinhos soltos do ano, todos juntos, e arrumamo-los à secretária. Os dias acordam a chamar por nós… “Venham, cá fora é que se está bem!”, e lá vamos nós, para a rua, abraçamos os despertares e os atropelos na cozinha, e seguimos em frente, mais um dia louco, mais um dia que pode ser louco, mas que queremos feliz!IMG_20170215_232641IMG_20170422_144912IMG_20170616_144308IMG_20170527_162947IMG_20170507_134630

Esta última até merecia um post só dela!

Advertisements